Nil Matos's

Personalidade

Recordando minha chegada ao país das Gueixas e Samurais

Quando desci no Aeroporto de Narita meu desembarque foi reverenciado com um leve odor de peixe e uma maresia enjoativa que trazia consigo um calor infernal. Algo insuportavelmente úmido que até hoje posso sentir aqela sensação de sufoco. Sim, aquele meu primeiro verão no Japão era muito quente, cinza e úmido. Você transpirava mesmo sem se mover. E decepcionei-me a principio pois esperava encontrar muitas mulheres lindas em seus quimonos bem trabalhados e homens elegantes de chapéu. Porem  a realidade nipônica era muito  diferente. Quase todos os homens usavam terno e gravata e as mulheres, roupas muito discretas. Nada de barriga de fora, peitos à  mostra,  assim como nós do país tropical. Nada demonstrações de afeto em público ou vares com mesas nas calçadas. Mas  depois de muitos verões ali, aprendi a respeitar e amar aquela cultura que aos poucos tornou-se a minha propria. E posso dizer que o Japão é um dos lugares mais perfeitos que já conheci, com suas lembranças muito antigas, com caixinhas de surpresas incrustadas naqueles maravilhosos arranha-ceus inteiramente confeccionados em vidros fume, mármore e concreto. Mesmo sem procurar muito você encontra historias e lembranças milenares que  irão conquistar você eternamente tal qual uma paixão de colecionador. Eu decidi colecionar estas lembranças… 

E,  em 18 anos notei muitas mudanças naquele País. Mudanças tão nítidas que posso recordar com um piscar de olhos…

Anúncios

2010/10/31 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário