Nil Matos's

Personalidade

Animê

Um dos mangas ou animês (japonês) – leia-se desenho animado-que mais influencia a geração suicida japonesa, seguidora de DRAGON BALL , que conta a estória de um garoto com super-poderes até sua fase adulta participando de muitas batalhas para juntar 7 bolas de cristal mágicas espalhadas pelo mundo transformando-o no dono de um dragão realizador de qualquer desejo que possua.

Chama-se EVANGELION uma série escrita nos anos 90 produzida para televisão em 1995~1997. Os temas abordados são variados começando pelo tema inocente e descontraído passando a um tema pesado e sombrio em seus capítulos finais quando os mistérios transformam em mais uma guerra de psicológica de relações humanas e alter egos. A organização NERV que combate monstros chamados de Angels com seus robôs gigantes chamados de Envagelions são conduzidos por adolescentes que na verdade não são seres comuns, mas agregados aos poderes dos Evangelions.

O personagem principal, Shinji Ikari comanda o combate contra os Angels numa luta de apocalíptica para defender o seu planeta.

Esses seres cheio de poderes e inteligência e força fora do comum, também saídos de outros mangas agora invadem as ruas do centro de Tóquio e ninguém sabe mais quem é quem. Constroem agora sua própria sociedade – Akihabara que antes era um dos maiores centros turísticos e de vendas de aparelhos eletrônicos- transformando-o em um planeta fantasioso com cafés bizarros e público duvidoso, restaurantes com adolescentes vestidas de amas, ou mulheres vestidas de homens e vice-versa e super-heróis participando de concursos de fantasias.

O japonês em termos de tecnologia está realmente sempre um passo à frente do resto da humanidade. Como se não bastasse os mangas espetaculares e imaginações pra lá de fértil, criam agora personagens virtuais-humanos que mais parecem terem saído da tela do seu laptop ou de algum manga gospel como são chamados agora tais personagens por aqui.

2008/10/04 Posted by | Uncategorized | , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Hanabi

Contam antigas lendas que o Hanabi nasceu na China caminhando a passos longos para a India e Egito e com o passar dos séculos transmitido o conhecimento aos gregos e por consequencia aos romanos. No entando eram utilizados tanto em comemorações quanto como armas em guerras. A pirotecnia foi criada por alquimistas e esses manuais eram obscuros, ainda não era considerado uma forma de comemoração  e ficava às escuras sua forma de fabricação, sem anotações, levando assim muitas pessoas à morte por transferir suas fórmulas. À partir do século XII foram aprimorados pelos árabes nascendo assim uma era comemorativa porem não comercializada ainda. No Japão esses fogos pirotécnicos eram realizados no dia 28 de maio às margens do Rio Sumida, seguindo o antigo calendário do japones, e no dia 1 de Agosto, data em que os festivais de Hanabi foram liberados no período do pós-guerra em 1948. Um dos maiores festivais japoneses, tem mais de 30 mil disparos. A alta temporadados de fogos fica entre julho e agosto no alto verão. Shows pirotécnicos não pagos -sãos financiados por patrocinadores, invadem o Japão nestes dois meses, sendo que cada final de semana se realiza em uma cidade diferente de cada província. A quantidade de pessoas que visitam esses eventos é glamoriosa, com seus yukatas(kimonos de verão), e penteados clássicos. Os melhores lugares são disputadíssimos,  e ultimamente existem lugares pagos e marcados para sentar-se. Nos eventos maiores chegam a ter uma semana de antecipação para a concorrência pelos melhores points. Neste eventos aconselha-se a utilização de transportes públicos devido à massa de expectadores e a falta de estacionamento. Muitos fanáticos viajam de cidade em cidade visitando, filmando e fotografando todos os eventos apenas pelo prazer visual da magia dos fogos de artifício.

2008/10/01 Posted by | Uncategorized | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário